Programa de Pós-Graduação em Aquicultura (Conceito 6 da CAPES)

O Programa de Pós-Graduação em Aquicultura (PPGAq) está instalado numa região com grandes perspectivas de crescimento da atividade de produção de organismos aquáticos, tanto em águas marinhas e estuarinas quanto em águas interiores. O estado do Rio Grande do Sul tem apresentado taxas de crescimento significativas da produção e do consumo interno de pescado, especialmente na sua região central e no noroeste do estado. 
 
Neste contexto, o PPGAq, em sua área de atuação, tem a responsabilidade de desenvolver tecnologias aplicadas às condições locais, com espécies nativas e exóticas bem adaptadas ao nosso clima e com expressivos potenciais de produção. Os profissionais capacitados no PPGAq têm à sua disposição um mercado de trabalho em crescimento. Com a dedicação do nosso corpo docente e discente, o Programa de Pós-Graduação em Aquicultura obteve o Conceito 6 da CAPES, divulgado na última Avaliação Quadrienal.

Ao longo destes anos, três teses defendidas no PPGAq receberam quatro indicações de Menção Honrosa no Prêmio Capes de Tese e no Prêmio Vale-Capes de Ciência e Sustentabilidade, nas edições de 2013, 2015 e 2020.

Laboratório de Piscicultura Estuarina e Marinha

Responsável: Dr Luís André Nassr de Sampaio

Maturação: É composto de oito tanques de 2,5 mil litros, distribuídos em duas salas equipadas com ar condicionado. Os tanques podem ser operados em sistema de fluxo de água contínuo ou de recirculação. Estes também possuem controle individual de temperatura.

Incubação: Estão disponíveis 20 incubadoras cilindro-cônicas de 50 litros.

Larvicultura e produção de juvenis: são seis tanques de 1,5 mil litros, oito tanques de mil litros e 15 tanques de 300 L. A exemplo dos tanques de maturação, eles podem operar com fluxo contínuo ou com recirculação de água e também possuem controle individual de temperatura.

Bioensaios: O setor de piscicultura conta com três laboratórios equipados para experimentos com tanques de pequeno porte. O primeiro laboratório conta com quatro estufas germinadoras com controle de temperatura e fotoperíodo, o segundo laboratório conta com quatro sistemas de recirculação de água com quatro tanques de 50 litros em cada. O terceiro laboratório conta com dois banhos termostatizados com 10 tanques de 15 litros cada.

O setor de piscicultura marinha conta também com dois sistemas de recirculação de água com 12 aquários de 100 L para realização de experimentos com peixes ornamentais marinhos.