Efeito dos sólidos suspensos totais na qualidade da água e no desempenho zootécnico do camarão Litopenaeus vannamei em sistema BFT

Autor: Marcos de Souza de Almeida (Currículo Lattes)
Orientador: Dr Wilson Francisco Britto Wasielesky Junior
Co-orientador: Dr Luis Henrique da Silva Poersch

Resumo

A carcinicultura convencional tem como características a necessidade de constantes renovações de grandes volumes de água e a descarga do efluente, rico em nutrientes, no ambiente a fim de manter os sistemas de produção com a qualidade da água em níveis aceitáveis. A descarga do efluente oriundo da carcinicultura nos ecossistemas adjacentes pode contribuir na degradação do ambiente natural e na disseminação de doenças, sendo um entrave no desenvolvimento sustentável da atividade. Neste contexto, nas últimas décadas novas tecnologias vêm sendo desenvolvidas e aprimoradas objetivando o aumento da produtividade, a redução de custos e, principalmente aperfeiçoar a utilização de água e a redução do descarte do efluente no ambiente. O cultivo em meio heterotrófico, também conhecido como BFT - Biofloc Technology - tem demonstrado excelentes resultados em termos de biosegurança, produtividade e manejo dos recursos hídricos. O controle dos níveis de sólidos suspensos totais no sistema de produção pode contribuir para manutenção da qualidade da água e na melhoria da gestão dos recursos hídricos, sendo este um importante avanço em prol de uma carcinicultura ambientalmente amigável e sustentável. Desta maneira, o objetivo principal deste estudo foi identificar a contribuição de diferentes concentrações de sólidos suspensos totais na melhoria da qualidade da água do cultivo do camarão-branco Litopenaeus vannamei em sistemas com bioflocos. A partir dos resultados obtidos no presente estudo, pode-se sugerir a manutenção de níveis médios de sólidos suspensos totais (SST) entre 300 e 450 mg L-1 a fim de obter de melhores parâmetros de qualidade de água e índices zootécnicos .

TEXTO COMPLETO